sábado, 10 de outubro de 2009

AS FADAS DAS ÁGUAS, SELKIES E AS SEREIAS


Texto de Lilly Rose, adaptado de Pesquisas de Lilly Rose e de Ted Andrews, O Encantado Mundo das Fadas, Editora Nova Era. Imagem de Abertura Fonte: www.renderosity.com
  Autora Schonee - Imagem 2 Fonte: www.google.com 
 Demais Imagens Fonte: www.renderosity.com 
 Autora Schonee. Imagem Selkie Fonte: Arquivos de Lilly Rose.

                " FADAS DAS ÁGUAS, SELKIES E SEREIAS DO MAR "


UMA BELA ONDINA A DESVENDAR OS MISTÉRIOS DO MAR


As Fadas das Águas, as Ondinas e outros Elementais Aquáticos como Sereias e Selkies, apresentam um Grau de Evolução bem maior que Seres Etéricos dos demais Elementos Naturais.

A razão reside no facto da Água ser um Elemento Uno, Indivisível. Assim, todos os Espíritos Aquáticos encontram-se interligados a partir de um Centro Único, ou Célula - Mãe, neste caso o Elemento Água.

A Conexão entre a Água e seus Habitantes Etéricos é tamanha e benéfica, que esta Força Natural é capaz de trazer ao Ser Humano um excepcional restabelecimento de sua Energia Vital.

Basta lembrarmos que em termos científicos quase 70% do Corpo Humano é constituído por Água e dela necessitamos para sobreviver. Portanto temos também assim como os Seres Etéricos das Águas, por Natureza Atávica, um forte Elo com o Elemento Água.

Elementais como Ondinas( Fadas das Águas), Sereias e Selkies, apresentam diversas características salutares a nós Mortais, tais como o Poder Natural de Cura Psíquica e Orgânica. Não é por acaso então, que Regiões Litorâneas são indicadas para aqueles que desejam recuperar suas Forças e Saúde...

Os Espíritos Etéricos das Águas, sejam de Ambiente Marinho ou de Água Doce, variam de forma ou tamanho, pois refletem as características do tipo de Água em que vivem.

Por exemplo os Elementais que regem ou governam os Oceanos são as Sereias, e tal qual os Mares mais bravios, são de Natureza imprevisível, sedutora e turbulenta...

                 "A IRRESISTÍVEL E TURBULENTA PAIXÃO DE UMA SEREIA"


As Sereias são dotadas de uma beleza Feminina invejável, de temperamento volúvel e extremamente sedutor ao Homem Mortal.

São elas imcumbidas pelo Ser Supremo, de proteger a todos os Animais Marinhos. E ainda capazes de agraciar o Ser Humano que sinceramente Amar e Presevar a Natureza, com os Dons da Cura e Conhecimento Medicinal.

O IMPOSSÍVEL AMOR ENTRE UM HOMEM E UMA SEREIA


Segundo Tradições das Ilhas Shetland e Islândia, em suas Águas habitariam os Selkies, Seres Etéricos normalmente com forma e aspecto de Focas acinzentadas.

De acordo com Antigas Lendas, Selkies Machos e Fêmeas, sairíam à noite das Águas em direção à terra firme.

As Selkies Fêmeas sob a Mágica Luz do Luar assumiriam a forma Humana de Belíssimas e Atraentes Mulheres para os Homens Mortais.

Já os Selkies Machos também com a capacidade de transmutarem-se à forma Humana , constituiríam-se em Homens não tão belos porém, apaixonadamente bondosos e incontrolávelmente sedutores aos Olhos Femininos Mortais.

Lendas que perderam-se em sua íntegra pelo Tempo, afirmam que quando uma Mulher desejava por demais engravidar, bastaria que a mesma derramasse exatas Sete Lágrimas sobre as Águas, para atrair um Amante Selkie das Profundezas do Mar.

O Encontro era sempre norteado pela Grande Magia do Amor, com Sincero Afeto, regado à Pureza e à sensibilidade por parte do Amante Selkie. Contudo após cumprir o desejo de sua Amada Mortal, muitas vezes já enamorado, o Selkie deveria inevitavelmente retornar à sua Morada, o Oceano, caso contrário sua Essência Etérica estaria fadada à Morte.


UM SELKIE ROMPE A NOITE DE LUAR AO CLAMOR DE UM AMOR


Por sua vez, a Mulher que o chamou através de suas Lágrimas, já com a semente deste Amor em seu Ventre deveria agradecer com Ternura e Respeito à Mãe Natureza e aos Espíritos das Águas, por terem-lhe concedido o Abençoado Dom da Maternidade, retornando feliz ao seu Lar, sem olhar uma vez sequer para trás...

Como todo o Manancial Aquático possui ao menos um Guardião Etérico ou mais,( alguns apresentam milhares destes Seres...) é extremamente comum e recompensador aos Olhos Mortais bem treinados, encontrar em tais Mananciais, Cortejos de belas Ninfas, Ondinas e outros Elementais das Águas.

Portanto as Vias Aquáticas são tradicionalmente as Rotas de Viajem mais utilizadas
no Reino das Fadas.
Observemos pois com maior atenção um ambiente aquático, em especial Marinho quando tivermos tal oportunidade.

Desta forma constataremos como a Água e seus Habitantes Etéricos nos Harmonizam instantâneamente com as Dimensões mais sutis do Plano Astral, onde seus Seres atuam com maior intensidade.

Esta Harmonização incorpora-se não somente ao nosso Corpo Físico, como também ao nosso Corpo Espiritual, revitalizando assim toda a nossa Energia Vital.


Aromas de Violetas...

Lilly Rose

terça-feira, 6 de outubro de 2009

SAILLE, UMA DAS ÁRVORES MÁGICAS CELTAS

SAILLE, UMA DAS ÁRVORES MÁGICAS CELTAS
Texto de Lilly Rose. Adaptado de Andy Baggott, Rituais Celtas, Editora Madras e de Gerina Dunwich, O Livro das Ervas, Magias e
Sonhos, Bertrand Brasil Editora. Imagens Fonte : Arquivos de Lilly Rose.
 


Saille (da Linguagem Celta Druídica de nome OGAM) ou Salgueiro, era para os Antigos Celtas uma Árvore não apenas considerada Mágica,como também Abençoada e Sagrada a todos os Magos, Videntes e Poetas de seu Tempo.

Por estar associado à Primavera e à Artes de Cura, o Salgueiro estava sempre presente nos Festivais da Deusa da Cura e Proteção dos Poços Sagrados, a Bela Deusa Brighid.

Saille apreciando desenvolver-se em lugares com Água, logo a este Elemento de Purificação foi associado, principalmente para finalidades de Cura e Rituais Mágicos relacionados à Lua.

Varinhas de Condão geralmente eram confeccionadas por diversos tipos de Madeira. Mas aquelas feitas a partir de Saille, eram consideradas extremamente poderosas e especiais. Para tanto, seus ramos eram cortados somente em noites de Lua Cheia, a fim de serem usados nos inúmeros Cerimoniais Lunares Célticos.

BRIGHID DEUSA DA CURA E PROTEÇÃO DOS POÇOS SAGRADOS
 


Druídas e Profetizas também possuíam singular predileção pelos Ramos do Salgueiro.
Os utilizavam na produção de Talismãs de Proteção Pessoal e em Rituais Divinatórios que necessitassem do Elemento Água.

Dizía-se ainda, que a casca desta Mágica Árvore resultava em um excelente Chá para aliviar febres de diversas enfermidades, problemas de pele e bucais bem como para a lavagem externa de ferimentos, inchaços e queimaduras.

Por todas estas características e propriedades, o Salgueiro ainda hoje é reverenciado pelos Seguidores dos Costumes Célticos como uma das Árvores Mágicas mais Tradicionais da Antiga Religião.


Aromas de Saille...

Lilly Rose

domingo, 4 de outubro de 2009

AS MAGIAS E SABEDORIAS DAS FADAS DO AR


Texto de Lilly Rose, adaptado de Ted Andrews, O Encantado Mundo das Fadas, Editora Nova Era.Imagem "Silly Dragonfiles", Autora Schonee - Fonte:www.renderosity.com.

AS MAGIAS E SABEDORIAS DAS FADAS DO AR

As Fadas do Ar são Elementais que auxiliam a Nós Mortais, a transmutarmos com Eficiência e Sabedoria nossa Sensitividade Psíquica em Espiritual. Desta forma com elas aprendemos a ter maior Clareza sobre tudo que nos cerceia, incluindo nosso próprio pensamento.

Tais Elementais existem para que entre outros benefícios, nos ensinem que o Aprimoramento Espiritual é tão ou mais Relevante do que nossas Experiências Terrenas.

A Força destas Fadas para orientarnos em tais Desafios, provém da Constância de suas "Mentes em Constante Movimento" tal qual seu Elemento o Ar, que igualmente está sempre em Movimento.

Muitas das Fadas do Ar formam uma Constituição Etérica bastante singular. São metade Ar e metade Água, mesmo que a maioria delas habite notóriamente as Nuvens e sua Essência Original provenha do Éter.

Para que nós Mortais possamos usufruir dos Sábios Ensinamentos das Fadas do Ar, precisamos além de acreditar sinceramente em sua Existência Etérica, estabelecer contato com elas.

Para tanto necessitaremos com empenho, direcionar nosso Pensamento e Concentração sobre as Nuvens.
Feito isto, as Fadas de pronto fazer-se-ão notar voluntáriamente para nós, imprimindo formas específicas nas Nuvens, que por nós serão facilmente identificadas com nosso Pensar...

Esta é uma Prática extremamente eficaz, não apenas para conectarmo-nos com as Fadas, mas também para harmonizarmo-nos com elas angariando sua Confiança e Simpatia, uma vez que estas Criaturinhas Aladas possuem o Dom de Ler os Pensamentos Humanos.

Então tenhamos Bons Pensamentos Sempre que nos for Possível! Pois tal atitude não apenas beneficiará nosso Corpo e Mente, como também atrairá para pertinho de Nós as Graciosas Fadinhas do Ar, com quem temos muito a Aprender!


Aromas de Rosas...

Lilly Rose