segunda-feira, 1 de junho de 2009

FREYA - A BELA DEUSA NÓRDICA DOS VANIR


Texto de Lilly Rose, adaptado de Pesquisas de Lilly Rose e do Fascículo " História Sagrada da Mitologia - As Deusas ", Sexto Sentido Especial, Editora Mythos.

Imagem do Autor Luis Royo - Fonte: www.baboo.com.br


FREYA - A BELA DEUSA NÓRDICA DA DINASTIA DOS VANIR

Da Antiga Mitologia Nórdica, Mãe dos Vanir, a Deusa Freya era considerada a mais popular e a mais Bela das Deusas de seu Povo. A ela eram-lhe atribuídos inúmeros Dons e Poderes tais como: as Regências do Amor e Fertilidade, Supremacia na Magia, Invencibilidade nas Guerras, Poderes sobre a Morte, Dons de Profecias e Práticas Xamânicas.

A " Senhora " ou Freya, por vezes é confundida com outra não menos Bela Deusa Nórdica de nome Frigga, esposa do Poderoso Deus Odin.

Freya era filha do Deus do Mar, "Njord" e da Deusa Terra, "Nerthus". Seu irmão chamava-se Frey ou o " Senhor ". Ambos eram invocados para atrair, boas Colheitas, Fertilidade e Prosperidade.

Famosa por seus Poderes Extraordinários e rara Beleza, Freya possuía exuberantes e sedutoras formas, sempre adornada de belíssimas e Mágicas Jóias. Uma destas, talvez a mais Poderosa que Freya possuía, era um magnífico colar de nome " Brissinganamen " confecccionado por Gnomos ferreiros em troca de favores Amorosos. Obviamente, tão Mágico Colar despertou a cobiça do Poderoso e Ciumento Deus Odin.

E para obtê-lo, Odin enviou o Deus Loki para roubá-lo da Bela Freya.
Astuto Loki, transformou-se em uma pulga, picou o pescoço da Deusa, que por fim soltou o colar ao coçar-se.

Para reaver seu Amado e Poderoso Tesouro, Freya necessitou fazer um pacto com Odin: deveria ela ajudá-lo a vencer arrebatadoramente diversas Batalhas.

Diziam as Lendas, que vitoriosa seria uma Batalha, se Freya sobrevoasse o Campo Inimigo em forma de Falcão, ou na forma Humana usando um manto feito de penas do referido pássaro, liderando suas 9 Deidades, consideradas também Servas de Odin, as Valquírias, Guerreiras Condutoras e Protetora das Almas em Combate.

Cumprida a promessa com o auxílio de suas fiéis Valquírias, Freya então recuperou seu precioso Colar e o respeito do Poderoso Odin, honraria rara que o Voluntarioso Deus concedia a poucas Divindades de seu Tempo.

Ainda nos dias atuais, descendentes dos Antigos Povos Nórdicos, mostram com orgulho suas raízes Mágicas com as Divindades de outrora. Um evidência diretamente relacionada a Deusa Freya,( além das inúmeras Estatuetas dedicadas à ela encontradas por Arqueólogos ), está no dia da semana Inglês Sexta Feira ou " Friday ", que signigica " O Dia de Freya ". Esta e outras evidências explicariam para alguns Historiadores, o porquê de muitos descendentes das Dinastias Nórdicas dos Vanir e Aesir, terem-se estabelecido nas Ilhas Britânicas entre os Séculos IX e X.

Aromas de Lavanda...

Lilly Rose