domingo, 15 de março de 2009

ORAÇÃO AOS CELTAS DE TODOS OS TEMPOS



Fontes de Textos: http://www.somostodosum.com.br e http://www.ippb.org.br
Fonte das Imagens : glimboo.com

A Introdução de Wagner Borges sobre O Povo Celta está aqui sintetizada, e foi originalmente publicada em 28 de Janeiro de 2004 pelo Site Somos Todos Um.

A Reprodução da Oração " Viajando no Assombro da Presença " transcrita por Wagner Borges foi publicada em 12 de Abril de 2003, também pelo Site Somos Todos Um, e esclare muitos detalhes sobre o que o Povo Celta chamava de " A PRESENÇA ".



INTRODUÇÃO SINTETIZADA DE WAGNER BORGES SOBRE O PENSAMENTO CELTA

Quando os Antigos Iniciados Celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: “Isso é um assombro!”
E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do Ser Humano.

Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da Lua, a alegria do sorriso do filho, ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos.

Então, eles ousavam escutar os Espíritos das Brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da Vida e a perceber a pulsação de uma PRESENÇA em tudo.

A partir daí, eles passaram a referir-se ao TODO QUE ESTÁ EM TUDO como a PRESENÇA que anima a Natureza e os Seres...



VIAJANDO NO ASSOMBRO DA PRESENÇA

Eterna Presença,
Acolhe o terno assombro
Que sinto em tua luz.
Abraça o meu espírito!

Na longa noite dos meus desencontros
Carreguei falsos fardos na mente,
E apenas me lamentei.
Cansado na alma, lembrei-me de Ti.

Porém, acostumado só a pensar,
Me esqueci de Te sentir no coração,
Tua casa, Teu templo.
Perdido na mente, chorei na solidão.

No vácuo do meu sofrer,
Terna mão luminosa surgiu
E apontou o caminho do coração.
Ali, o Anjo da Presença me tocou.

E fui possuído pela prece.
E a canção chegou no coração.
E algo me iluminou por dentro.
Fui tomado pelo assombro!

E a luz do céu desceu em minha noite.
E lembrei-me de quando eu era criança,
E ajoelhado em minha inocência
Abria o meu coração para Te sentir.

Eterna Presença, agora eu sei.
Te sinto no coração novamente.
Acolhe o meu assombro,
E abraça o meu espírito!

Saindo da escuridão de minhas confusões,
Tornei-me criança novamente.
Recebe o meu coração no Teu, bem abraçado.
Acolhe o meu assombro em Tua luz.

Agora eu me lembro!
Dos anjos secretos que embalavam o meu sono
E cantavam a Tua glória.
Eles cantavam dentro do meu coração.

Eterna Presença, agora eu sei!
De corpo e alma, tudo é Tua luz.
Acolhe o meu assombro,
E abraça o meu espírito.

Paz e Luz.


"ESTES ESCRITOS SÃO DEDICADOS AOS INICIADOS CELTAS DE TODOS OS TEMPOS "

POR WAGNER BORGES.

Aromas de Rosas...

Lilly Rose