terça-feira, 2 de setembro de 2008

RUNAS - AS ORIENTAÇÕES MÁGICAS DE ODIN


Texto de Lilly Rose, Adaptação de vários Autores, em especial de Nei Naiff.

Imagem Fonte : http://pt.wikipedia.org/wiki/odin

Dentre os mais Antigos Métodos Adivinhatórios além dos vários tipos de Tarot, estão as Runas.

O Nome Runa deriva dos Antigos Povos Nórdicos e Saxões como os Vikings, Xamâs e Druídas e significa Mistério ou Segredo.

As Runas podem ser utilizadas como Oráculos onde recebemos uma Orientação, não uma instrução,apenas uma previsão sobre Acontecimentos Futuros, ou ainda elas podem ser utilizadas para Fins Mágicos, o que já requer um Conhecimento bem mais aprofundado sobre o Tema.


Conhecendo o Significado de cada Símbolo Rúnico, teremos um leque de possibilidades de utilizá-los em Trabalhos Mágicos, mas é claro que isto requererá muito Estudo, muito Empenho e muita, muita Prática.

Quando falamos em Prática, significa exercitarmos com Responsabilidade nossa Magia, praticar mesmo, pois é somente praticando que adquirimos junto ao Estudo, o Domínio satisfatório de um Tema.

Mas como o uso das Runas em Magia é mais complexo do que como simples Orientação ou Método Adivinhatório, neste último caso, utilizá-las como Oráculos, é sempre mais fácil e nos oferece uma Boa e Prudente Orientação sobre nossas dúvidas em relação, pricipalmente ao nosso Futuro.

O Alfabeto Rúnico é composto por 24 Runas, todas com um Símbolo Mágico e um Significado.

Segundo as Lendas Nórdicas e Saxônicas, este Alfabeto Sagrado foi entregue ao Poderoso DEUS ODIN, que após receber o Conhecimento e Sabedoria das Runas pelas Forças Divinas do Cosmos, distribuiu tais Segredos entre três Deuses a ele subordinados : FREYR, o Deus da Prosperidade, HAGAL, o Deus Conselheiro e da Sabedoria e TYR, o Jovem Guerreiro.

Estas Antigas Lendas, ainda afirmam que depois de distribuir estes Mágicos Dons aos Referidos Deuses, ODIN criou sua Própria Runa, a " Vigésima Quinta ", que é sempre Branca e não apresenta Símbolo Identificável.

A Principal função das Runas como Oráculos é nos conscientizar, alertar sobre os Caminhos que estamos traçando para nossas Vidas e as prováveis consequências de nossos Atos...

O Método mais Simples de Consulta, Leitura e Interpretação das Runas é também o mais Antigo e chama-se " RUNA DE ODIN ", onde escolhe-se aleatóriamente uma Runa para Orientação.

Você pode confeccionar suas próprias Runas com Madeira, em Pedras, pintando em cada uma delas seus Símbolos, ou ainda comprá-las em Lojas Esotéricas.

Porém, para quem tem pressa e/ou pouca habilidade manual, há uma maneira de consultar as Runas, que é extremamente simples e que está ao alcance de todos.

O Método ao qual me refiro foi desenvolvido pelo Estudioso em Esoterismo Nei Naiff.

Ele montou um pequeno Livro de Consulta às Runas, onde primeiro você faz a Oração ao Poderoso ODIN, pedindo clareza às respostas que obtiver, depois com o Livro Fechado você de olhos fechados também preferencialmente, vai virando-o várias vezes entre as mãos e finalmente abre em uma página qualquer. Aí é chegado o momento de ver qual Runa caiu para você e ao lado do Símbolo já encontra-se seu Significado ,ao qual deve-se meditar com muita concentração e prudência sobre a Orientação que a Runa lhe indica.

O Livro em questão chama-se "CONSULTE AS RUNAS", de Nei Naiff, Editora Nova Era.

Aromas de Artemísia...

Lilly Rose