terça-feira, 15 de julho de 2008

A VIDA E MAGIA ETERNIZADAS PELA ÁGUA


Poesia extraída em sua Íntegra do Livro " No Coração do Fogo" , Gilda Pereira Dias, Editora Master Books.
Imagem Fonte : recadosonline.com
O.B.S : Sem referências sobre o Autor da Poesia

ÁGUA

Água, espelho da Lua,
E do Sol, do Dia,
E da Noite, reflete,
O Feio e o Belo,
Sem Reter,
A Sombra nem a Luz,
Permeia toda Entrada,
Abrindo Veredas,
Por onde for,
Etérea evapora-se e sobe,
Então aglutina-se e cai,
Bordando Cores,
No Corpo da Luz,
Irrompe de onde quer,
O Borbotão Incontinente,
Na Onda Gigantesca,
Ou no Remanso Contínuo,
Do Fluxo e Refluxo...
Então, num Redemoinho,
Esgota-se em Si Mesma.

Complemento este belo Poema sobre a Água com três Citações dignas de nossa Reflexão:


" Se você quer conhecer o Significado da Água, basta bebê-la "
Ditado Zen

" Nós esquecemos que o Ciclo da Água e o Ciclo da Vida são um Só"
Jacques Cousteau

" Por Meio da Água damos Vida a Tudo "
Alcorão

Este Post é uma Homenagem a um dos Recursos Naturais de que a Natureza e Seres Vivos mais necessitam. E nos Tempos Modernos, esquecemos nós Seres Humanos de que da Água Necessitamos sempre, da Água Vivemos...

Presermos então este Precioso Presente que o Divino nos Confiou, não o poluindo ou desperdiçando-o...

Celebremos a Vida, Celebremos todos os Dias a Mágica e Abençoada Água...

Aromas de Nenúfar...

Lilly Rose