terça-feira, 29 de julho de 2008

FADAS E MORTAIS - OS LAÇOS QUE NOS UNEM



Texto de Lilly Rose com preciosas adaptações de C.W. Leadbeater - Os Espíritos da Natureza, Editora Ísis.

OBS: Note um detalhe mágicamente interessante nesta Imagem: Fadas assumem em nosso Mundo várias outras formas, a mais comum é de Cisnes, outras aves, Borboletas e até pequenas Lagartixas.
Imagem Fonte : glimboo.com

De todos os Seres Etéricos, que normalmente procuram manter uma prudente distância de nós Mortais, as Fadas parecem ser as nossas mais queridas Amigas do Mundo Invisível. É espantoso e ao mesmo tempo fascinante conhecer Relatos de Esoteristas, Teosofistas e Clarividentes, narrando duradouras e belas Amizades entre dois Mundos tão distintos, até mesmo Paixões entre Fadas e Mortais.

Até em Contos Infantis, analisados do ponto de vista Esotérico é possível encontrar muitos sinais verdadeiros destas belas Amizades.

Na Clássica História de Cinderela por exemplo, versões mais Antigas contam que as Bondosas Fadinhas ajudavam nossa Heroína em tudo que podiam...( é, as Fadinhas sim e não com todo o respeito os ratinhos da Disney).

Antigas narrações de Serventes Escocesas, que passaram esta linda história através de Gerações ao longo do tempo, afirmavam que de fato, as Fadas ajudavam Cinderela a acender o Fogo em sua cozinha todos os os dias e em suas tarefas diárias.
Teriam sido também Fadas como a famosa Fada Madrinha ,que ajudaram Cinderela a conquistar seu Príncipe Encantado...

Diz -se que Animais Silvestres se aproximam confiavelmente dos Seres Etéricos chamados Yoguis Indianos, pois instantaneamente reconhecem que são amigos de todo Ser Vivo.

Com esta mesma confiança as Fadas se aproximam dos Homens que seguem o Caminho da Santidade, pois percebem que suas emanações de Energia são menos tortuosas e mais agradáveis que as de homens cujas mentes estão ainda fixadas apenas nos interesses mundanos e terrenos.

Às vezes, tem-se visto que as Fadas também amam aproximarem-se de crianças pequenas e demonstram-lhes um verdadeiro afeto maternal e zeloso tal qual o de verdadeiras Mães.

Afeiçoam-se especialmente por crianças que possuam uma viva imaginação e que sejam propensas à grande criatividade, pois as Fadas são capazes de visualizar tais fantasias com seus olhos etéricos, como se estivessem assstindo a filmes tridimensionais, e portanto simplesmente deleitam-se com tais aventuras que a fértil imaginação infantil é capaz de criar...

Houve também , segundo relatos de alguns Clarividentes, que conseguiram observar casos em que as Fadas com sua mente pueril e inocente para nós Mortais, tomaram tanto carinho por determinadas Crianças sumamente simpáticas, que fizeram tentativas de levá-las para suas Moradas do Reino Invisível, com o Sincero Propósito de livrá-las daquilo que os Seres Etéricos mais temem "a Descrença e Crueldade da Civilização do Homem Moderno".

Quando surgem tais situações é preciso a preocupada Mamãe ter calma, serenidade e um coração puro, não demonstrar hostilidade às Fadinhas, que têm uma Mente quase tão infantil qto à de seu amado filho (a).

Apesar de muitas Fadas assemelharem-se a belas Jovens, sua mentes são iguais a de crianças alegres e travessas.

Nesta situação você Mamãe zelosa, ore com toda sua Fé pedindo a intesecção de Metatron, o Príncipe do Reino Angelical e Paralda, Guardião e Supervisor dos Seres Etéricos do Ar (Fadas e Silfos), e através de tais Orações abra sem temor seu Coração às confusas Fadinhas e explique-lhes com todo o carinho que um filho jamais deve ser separado de sua Querida Mãe.

E a Linguagem do Amor Incondicional as Fadinhas conhecem muito bem e logo entendem e desistem desta idéia, que aos seus Olhinhos Etéricos querem apenas preservar a Alma Infantil de nosso Mundo tão Materialista, Descrédulo e Inconsequente perante os cuidados que deveríamos ter com nosso precioso Lar, a Mãe Terra...
Aromas de Lavanda...
Lilly Rose